Seja bem-vindo
Juazeiro,18/06/2024

  • A +
  • A -
Publicidade

Boeing no espaço e voo do maior foguete do mundo: calendário astronômico de junho 

olhardigital.com.br
Boeing no espaço e voo do maior foguete do mundo: calendário astronômico de junho 
Publicidade

Junho conta com dois dos principais lançamentos espaciais do ano. Para começar, a Starliner pode finalmente voar após diversos adiamentos. Além disso, Elon Musk pretende colocar o maior foguete do mundo no espaço pela quarta vez.

É preciso salientar que todas as datas e horários informados têm como referência um observador baseado em Brasília (DF) e podem ser ligeiramente diferentes de acordo com cada localidade.

Calendário astronômico de Junho





1 de junho: Será que agora vai? O Primeiro lançamento tripulado da Boeing CST-100 Starliner, após diversos adiamentos, agora é esperado para o primeiro dia de junho. A missão será lançada no topo de um foguete Atlas V, da United Launch Alliance (ULA), a partir da Estação da Força Espacial de Cabo Canaveral, na Flórida..





A Starliner será pilotada por Barry “Butch” Wilmore, ex-piloto do programa de ônibus espacial da NASA e visitante da ISS por duas vezes. Ao lado dele estará Suni Williams, que conta com duas missões espaciais no currículo. Em 2007, ela se tornou a primeira pessoa a “correr uma maratona” no espaço, quando correu na esteira da estação por mais de quatro horas. Além da dupla, o astronauta da NASA e três vezes residente da estação espacial Mike Fincke foi escalado como piloto reserva da missão.





A espaçonave Starliner OFT-2, da Boeing, acoplada no topo do foguete Atlas V, da ULA, na plataforma de lançamento. Crédito: NASA/Joel Kowsky





4 de junho: Júpiter encontrará Mercúrio na constelação de Touro, o fenômeno poderá ser visto a olho nu.





5 de junho: Starship no espaço. O maior foguete do mundo deve fazer seu quarto voo e dessa vez pretende pousar. “O quarto teste de voo muda nosso foco de alcançar a órbita para demonstrar a capacidade de retornar e reutilizar a Starship e o Super Heavy. Os objetivos principais serão executar uma queima de pouso e um pouso suave no Golfo do México com o impulsionador Super Heavy, e conseguir uma entrada controlada da nave estelar”, diz a empresa.





O voo 4 seguirá uma trajetória semelhante ao teste de voo anterior, com a Starship destinada a aterrissar no Oceano Índico. Esta trajetória de voo não requer uma queima de saída de órbita para a reentrada, maximizando a segurança pública e ao mesmo tempo proporcionando a oportunidade de cumprir o nosso objetivo principal de uma reentrada controlada da nave estelar.





Starship decolando em seu terceiro voo de teste (Crédito: SpaceX)
Starship decolando em seu terceiro voo de teste (Crédito: SpaceX)





6 de junho: Lua Nova às 9h40.





14 de junho: Lua Crescente às 2h19.





15 de junho: Ariane 6 será lançado ao espaço pela primeira vez após anos de atraso. Programado inicialmente para 2020, o sucessor do lendário Ariane 5, da Agência Espacial Europeia, pode finalmente decolar.





20 de junho: Começo do Solstício de inverno. O solstício é um fenômeno astronômico que ocorre duas vezes por ano e marca o início do verão e do inverno. Em termos técnicos, é quando o Sol atinge a maior ou a menor declinação em relação à Linha do Equador.





Isso ocorre porque a Terra obedece tanto a um movimento de translação ao redor da estrela, quanto a um movimento no seu eixo de rotação. Com isso, a incidência de luz sobre os hemisférios é diferente. Durante o solstício de inverno, o Sol atinge o ponto mais baixo. Por isso, os dias são mais curtos e as noites mais longas.





Crédito: Vito Technology, Inc. via Starwalk.space





21 de junho: Lua Cheia às 22h10.





25 de junho: O GOES-U da NOAA lançará a constelação GOES-R completa e examinará a  coroa , ou atmosfera externa, do sol. O sistema de satélites Geoestacionários Estendidos de Observações (GeoXO) da NOAA concentra-se em fornecer informações críticas sobre questões ambientais.





27 de junho: Lua próxima a Saturno. O satélite natural vai estar com 72% de visibilidade e será visto ao lado do gigante na constelação de Aquário.





28 de junho: Lua Minguante às 18h55.

Publicidade



COMENTÁRIOS

Buscar

Alterar Local

Anuncie Aqui

Escolha abaixo onde deseja anunciar.

Efetue o Login

Recuperar Senha

Baixe o Nosso Aplicativo!

Tenha todas as novidades na palma da sua mão.